Comando pede, ao reitor, prazo maior para convocar CEP

Notícia

Depois que a Comissão de Política Salarial aprovou as 18 mil horas para a contratação dos professores temporários para o segundo semestre deste ano, o Comando de Greve e servidores se reuniram na manhã desta terça-feira, 30 de julho, no RU, para definir quais serão o srumos do movimento.

É que com essa liberação, o reitor precisa convocar o Conselho de Ensino e Pesquisa (CEP) para discutir a retomada do calendário acadêmico, uma vez que a renovação desses profissionais não pode ocorrer com o calendário suspenso, como está agora.

O grupo foi até a reitoria pedir um prazo maior para convocação da reunião do CEP. O presidente do Sinteemar, José Maria Marques, informou que o reitor, Júlio Damasceno, ficou de estudar essa possibilidade, mas que por ora, a reunião do CEP pode acontecer já nesta quinta-feira, dia 1º de agosto.

A retomada, ou não, do calendário acadêmico, não tem interferência na greve da UEM que é por tempo indeterminado.