AULAS PÚBLICAS DITAM AS MANIFESTAÇÕES CONTRA O GOVERNO FEDERAL

Notícia
 
A tarde desta terça-feira, 13 de julho, foi marcada pela primeira aula pública sobre a atual conjuntura política por que passa o Brasil e que impactam negativamente sobre a vida dos brasileiros, especialmente os mais pobres.
 A iniciativa dos estudantes de diversas áreas, sindicatos, ONG’s e do grupo Articulação Poder para o Povo de Maringá e Região levou, na Praça da Prefeitura, especialistas que deram informações aprofundadas sobre temas como demarcação das terras indígenas, privatização dos Correios e Reforma Administrativa.

Todas as medidas são de autoria ou apoiadas pelo governo federal, principal alvo dos protestos que ocorreram nas cinco regiões do Brasil.

 Em Maringá, o grupo fez, ao final, uma Assembleia para começar a organizar o novo protesto do dia 24 de julho e definir quais ações contra o Governo genocida de Bolsonaro serão realizadas.