Rio Grande do Sul: CUT e sindicatos se mobilizam em solidariedade à população; saiba como doar

Notícia
- Por Luís Cláudio Facebook X WhatsApp Link

A cheia do Guaíba ultrapassou o nível histórico atingido na grande enchente de 1941, de 4,76 metros, o rio chegou na marca de 5,2 metros no sábado (4). A região das ilhas, a zona central, o extremo-sul e a região norte da capital Porto Alegre são as principais regiões de risco com a cheia do Guaíba. Na última sexta-feira (3), a CUT-RS auxiliou na locomoção e acolhimento de famílias das comunidades nas imediações da Arena do Grêmio em Porto Alegre.
Dos 496 municípios, 364 do estado registraram algum tipo de problema.Os mortos chegam a 83 e são quatro os óbitos em investigação; há 111 desaparecidos e 291 pessoas feridas. São mais de 141 mil trabalhadores e trabalhadoras fora de suas casas e 873.275 mil pessoas afetadas em todo estado, sendo que 129.279 estão desalojadas, sendo que deste total 20.070 pessoas estão em abrigos.
Até o momento, a população em situação de risco tem sido encaminhada para a sede do Sindicato dos Metalúrgicos e o Sindicato dos Aeroviários, na capital. Esses locais também são pontos de coleta para doações de alimentos, produtos de higiene pessoal, roupas, cobertores e água.
As cozinhas comunitárias do Projeto CUT Comunidade estão mobilizadas para ajudar a população, preparando refeições e também recebendo doações.
Todas as doações recebidas no Pix da CUT-RS estão sendo direcionadas na compra de alimentos, produtos de higiene pessoal e demais demandas que os abrigos precisam. A nossa responsabilidade é ajudar a população que precisa nesse momento!
Depósito bancário para doação
As doações também poderão ser feitas na conta bancária da CUT-RS:
– Cresol (133)
– Agência 5607
– Conta corrente 18.735-6
– CNPJ: 60.563.731/0014-91
– PIX: 51996410961
Em Maringá, as doações podem ser feitas no Corpo de Bombeiros, pelo portão do quartel na Rua Benjamim Constant.