Notícias

Notícia
Curso de "Educação e Gestão Ambiental" tem início nesta quinta-feira

Grupo de Artesanato com Resíduo Recicladoo SinteemaR com a Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Comunitários da Universidade Estadual de Maringá, teve início nesta quinta-feira, 20, a primeira etapa do curso "Conceito de Meio Ambiente e Aplicação das Técnicas 5R no Setor Operacional das IES".O curso tem por objetivo capacitar o setor operacional de zeladoria na conscientização da conservação ambiental e trato com resíduos sólidos. Juntamente, de apresentar um mecanismo de organizar regras para uma boa gestão ambiental do setor de trabalho, estimular para preservar e reciclar os resíduos sólidos produzidos no local de trabalho e, assim, prevenir por meio de ações a proteção ambiental.

20/06/2024 10h51

Notícia
Dirigentes do SinteemaR participam de segunda etapa de capacitação sobre Negociação e Contratação Coletiva

A segunda etapa do curso de capacitação sobre Negociação e Contratação Coletiva da Escola Sul da Centra Única dos Trabalhadores - CUT, foi realizada nos dias 13 e 14 de junho como continuação a etapa ocorrida em maio. O presidente do SinteemaR, Luís Cláudio, e a dirigente Marisa Morales - que também é secretária de Formação da CUT Paraná, estiveram no evento, que contou com a participação de representantes de sindicatos de todo o estado. O objetivo central desta capacitação é enriquecer o entendimento sobre os temas essenciais relacionados ao ambiente de trabalho, explorando as interações sociais entre capital e trabalho. O curso apresenta conceitos fundamentais para desenvolver estratégias eficazes no processo de condução de uma Negociação e Contratação Coletiva.A formação se concentra em compreender o contexto histórico das lutas trabalhistas e a dinâmica organizacional necessária para realizar negociações coletivas com sucesso. É um pilar fundamental para sindicalistas e demais representantes.

18/06/2024 12h02

Notícia
Manifestação contra PL 1904 acontece nesta terça-feira em Maringá

Em todo o Brasil estão sendo organizadas manifestações contra o projeto de Lei 1904/2024, que condena mulheres e meninas que realizarem aborto legalmente após a 22ª semana de gravidez. Em Maringá, haverá manifestação contra este PL nesta terça-feira, dia 18, às 17 horas, com concentração na Praça Raposo Tavares. O objetivo da manifestação é salvar a vida das mulheres e não permitir um retrocesso nos direitos das vítimas de estupro.O projeto, já apelidado de “PL dos estupradores”, que foi colocado para ser votado em regime de urgência na Câmara dos Deputados pelo deputado Arthur Lira, propõe mudar a lei do aborto legal que existe no Brasil desde 1940, em que a pessoa tem direito ao aborto legal para casos de estupro. Com a mudança, a mulher ou menina que realizar o aborto legal após a 22ª semana de gravidez é condenada a 20 anos de prisão. Esse período é maior do que a pena para o estuprador, que é de 6 a 15 anos.Os autores do projeto desconsideram que há um período considerável até a vítima de estupro saber que está grávida e outra demora para que a justiça aprove a realização do aborto legal. No Brasil, 60% dos estupros ocorrem contra meninas e adolescentes, o que leva muitas a demorarem pra saber que estão grávidas. 

17/06/2024 11h45

Notícia
Diretoria acompanha a coleta do hemocentro na UEM

O Hemocentro Regional de Maringá, serviço de hemoterapia do Hospital Universitário Regional de Maringá, possui uma unidade móvel para facilitar a coleta de sangue da comunidade. Na última semana, o ônibus do Hemocentro esteve em frente ao Restaurante Universitário da UEM e a diretoria do SinteemaR esteve presente para rever os colegas do local e prestigiar o trabalho do setor.A modalidade móvel do Hemocentro é muito importante, pois possibilita que moradores não tenham a necessidade de se deslocar até o local fixo e também que pessoas de outras cidades possam fazer a doação, contribuindo para a manutenção dos estoques de sangue. 

14/06/2024 12h01

Notícia
Em parceria com a UEM, Grupo Garr do SinteemaR promove curso para servidores

O Grupo de Artesanato com Resíduo Reciclado - Garr e a Secretaria dos Técnicos do SinteemaR, em uma parceria com a Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Comunitários e a Diretoria de Recursos Humanos da Universidade Estadual de Maringá estão organizando o curso Conceito de Meio Ambiente e Aplicação das Técnicas 5R no Setor Operacional das IES.O curso tem por objetivo capacitar o setor operacional de zeladoria na conscientização da importância da conservação ambiental e trato com resíduos sólidos. Também de apresentar um mecanismo de organizar regras para uma boa gestão ambiental do setor de trabalho, estimular para preservar e reciclar os resíduos sólidos produzidos no local de trabalho e, assim, prevenir por meio de ações a proteção ambiental.Informações sobre o curso:Dias: 20 e 27 de junho; 4, 11 e 18 de julhoHorário: 13h30 às 17h30Local: Sala de Treinamento da TDE - UEMLink de inscrição: https://bit.ly/conceitodemeioambiente

13/06/2024 12h29

Notícia
Direção do SinteemaR almoça no Restaurante Universitário

Em uma visita aos servidores e estudantes que almoçam no Restaurante Universitário da UEM, a diretoria e os funcionários do SinteemaR fizeram questão de uma refeição no local antes de uma reunião. Foi um momento de rever antigos colegas e apreciar o saboroso almoço servido pelos funcionários do RU.

13/06/2024 11h50

Notícia
SinteemaR tem estande na Arena Sustentável

Entre a última sexta-feira e domingo, 7 a 9 de junho, o SinteemaR, em uma parceria com a Universidade Aberta da Terceira Idade - Unati, esteve entre os 22 expositores da Arena Sustentável Maringá. Os estandes apresentavam ao público diversos projetos que promovem a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade, atendendo os "Objetivos de Desenvolvimento Sustentável" estabelecidos pela Organização das Nações Unidas - ONU. No local, os visitantes puderam assistir palestras e observar de perto cada projeto exposto. O Grupo de Artesanato com Resíduo Reciclado do SinteemaR exibiu vasos, sabões, sabonetes e outros produtos produzidos com matéria prima que poderia estar no lixo. O evento traz ao público alternativas do que pode ser feito para que o planeta continue existindo como é hoje. Crianças e adolescentes de várias escolas de Maringá e região puderam prestigiar e pensar em novas formas de um futuro para a humanidade.

11/06/2024 11h45

Notícia
SinteemaR visita Semana Nacional de Arquivos na UEM

Entidades de todo o país se uniram à principal instituição arquivística brasileira na organização de eventos para comemorar o Dia Internacional dos Arquivos. Esta é a oitava edição deste grande evento, e a Universidade Estadual de Maringá - UEM fez parte deste importante momento. O SinteemaR visitou a exposição e prestigiou os servidores que organizaram a semana.O tema deste ano é “Arquivos Acessíveis”, que considera os múltiplos sentidos de acessibilidade. "O objetivo é promover um debate sobre como os conceitos e procedimentos empregados nos arquivos podem refletir a diversidade da sociedade, de forma a combater o capacitismo e a discriminação, com foco na democratização do acesso à informação. O amplo acesso aos registros contribui para a preservação da memória, fomenta o conhecimento, fortalece a democracia e amplia a cidadania", expõe o site do Arquivo Nacional do Governo Federal.

10/06/2024 11h30

Notícia
Dia Mundial do Meio Ambiente: SinteemaR organiza oficina de vasos

Dia 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Em uma parceria com a Universidade Aberta da Terceira Idade - Unati, a Secretaria de Aposentados e a Secretaria de Técnicos do SinteemaR organizaram uma oficina de vasos com reaproveitamento de materiais.Fundado na pandemia, o Grupo de Artesanato com Resíduo Reciclado - Garr, promove periodicamente oficinas com estudantes da Unati para o reaproveitamento de materiais que seriam descartados em suas residências. Segundo a dirigente Laurice Ricardo, o projeto promove um planejamento gestor ambiental, mas também trabalha com outras áreas. "A atividade ajuda na socialização, coordenação motora, questões mentais como a memória e além de tudo usamos muito da criatividade de cada um".A secretária de Aposentados do SinteemaR, Marlene Gobbi, afirma que com a oficina os participantes acabando economizando em gastos com saúde. "A intenção inicial era de aproveitar os resíduos recicláveis, mas além do plano ambiental, o projeto é um ganho gigante para a saúde mental dos aposentados. Aposto que muitos têm um alívio em questões de ansiedade e depressão, por exemplo", explica. 

06/06/2024 11h28

Notícia
Solidariedade à presidente da APP-Sindicato, Walkiria Mazeto

O SinteemaR expressa seu total apoio à presidente da APP-Sindicato, professora Walkiria Mazeto, que está sendo alvo de perseguição pelo governador Ratinho Jr. Nesta terça-feira, 4, o governo solicitou a prisão da dirigente sindical devido à continuidade da Greve na Educação. Essas ameaças aos líderes sindicais não são novidade por parte dos patrões e governantes, por isso precisam ser severamente denunciadas para que não se repitam. A tentativa de silenciar servidores públicos é uma evidente prática antissindical.A criminalização de movimentos sindicais e de lideranças que defendem a educação pública é inaceitável e vai contra os princípios democráticos. Ratinho Jr está empenhado em avançar com medidas prejudiciais aos serviços públicos e aos trabalhadores, já tendo sancionado rapidamente a lei aprovada ontem pelos deputados estaduais.O SinteemaR reafirma seu compromisso com a defesa do direito à greve e condena as ações do governador Ratinho Jr, que têm como único objetivo intimidar os profissionais da educação em sua luta contra a privatização da escola pública.Nosso apoio incondicional à greve da Educação!

05/06/2024 17h00

Notícia
2015 se repete: manifestantes são feridos na Alep

Mais uma vez, uma manifestação pacífica de educadores termina em violência. Na tarde desta segunda-feira, 3, ao tentarem participar da sessão da Assembleia Legislativa do Paraná - Alep, professores, funcionários da educação básica, estudantes, representantes sindicais e membros da comunidade foram brutalmente barrados pela polícia em frente ao prédio público. Vários manifestantes saíram feridos, principalmente com as bombas de gás lacrimogêneo jogadas pelos policiais.Essa situação remete ao grande massacre de 29 de abril de 2015, quando mais de 200 pessoas foram feridas pelos 2516 policiais que participaram da ação. A tragédia é lembrada até hoje e anualmente a categoria se mobiliza para que este triste dia jamais seja esquecido. Porém, mesmo com tanto empenho em manter a memória deste fatídico dia, assim como foi há nove anos, os presentes apenas lutavam pelos seus diretos e principalmente pela educação pública e de qualidade - que corre um sério risco com o projeto de lei que está em tramitação.A bandeira dos educadores é para que o PL 345/2024, também conhecido como "Parceiro da Escola", não seja aprovado pelos deputados estaduais. O projeto autoriza a privatização de quase todas as escolas regulares da rede estadual, com pouquíssimas exceções. O programa prevê a intervenção das empresas na parte pedagógica, acaba com eleição para direção e ainda submete os servidores às ordens de uma empresa. 

04/06/2024 17h13

Notícia
SinteemaR se une à marcha pela educação, em Curitiba

Em defesa da educação pública de qualidade e contra a privatização das escolas públicas, o SinteemaR se juntou nesta segunda-feira, 3, à manifestação que marcou o início da greve da educação básica no Paraná. O ato também pedia a implantação da Lei Geral das Universidades, o pagamento da Data-base e a correção da distorção da tabela do Nível de Apoio, que afligem muito a categoria das universidades.O Programa Parceiro da Escola - projeto do governador Ratinho Jr - autoriza a privatização de quase todas as escolas da rede estadual de ensino. O projeto parece não atingir a categoria da educação superior, mas qual será o limite nos próximos anos para a terceirização de todos os setores públicos estaduais?Para o presidente do SinteemaR, Luís Cláudio, esta luta também é dos trabalhadores das universidades. Segundo ele, os primeiros da categoria que serão atingidos diretamente com este novo projeto serão os trabalhadores beneficiados pelo Paraná Previdência. "Os aposentados também estão correndo risco, porque com a privatização não terá mais contribuição destes servidores. Ou seja, em breve não teremos fundo previdenciário".

03/06/2024 21h52

Notícia
SinteemaR participa de Oficina de Negociação e Contratação Coletiva da CUT

Dirigentes sindicais de diversas regiões do Paraná estiveram em Curitiba nesta segunda e terça-feira, 27 e 28, para a Oficina de Negociação e Contratação Coletiva, promovida pela Central Única dos Trabalhadores - CUT. Realizada no Espaço Cultural dos Bancários, a atividade proporcionou um avanço em conceitos teóricos e práticos para os dirigentes sindicais. O presidente do SinteemaR, Luís Cláudio e a vice-presidente do sindicato e também secretária de Formação da CUT, Marisa Morales, estiveram presentes no debate. “Essa Oficina de Negociação e Contratação Coletiva, é uma atividade fundamental na formação de dirigentes para a negociação de pautas coletivas. O primeiro módulo promoveu debates e atividades práticas, de maneira criativa e descontraída, que colaboraram para a construção de conhecimentos que possam promover uma melhor compreensão das importantes ações dos dirigentes sindicais em uma Mesa de Negociação”, explicou Marisa - responsável pela organização do evento.Para o presidente da CUT Paraná, Marcio Kieller, a atividade reforça o papel formador da central. “Essa oficina fornecerá instrumentos para que nossas entidades possam fortalecer a luta pelos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras da sua base, mas também nas lutas amplas da classe trabalhadora”, completou.O curso faz parte do calendário da Secretaria Nacional de Formação e a parte pedagógica ficou a cargo da Escola Sul, situada em Florianópolis, onde será realizado o 2º módulo do curso, nos dias 13 e 14 de junho. A oficina contou como apoio da FETEC-CUT-PR para sua realização.

31/05/2024 11h16

Notícia
Seminário da Classe Trabalhadora reúne diversas categorias para debate

Em uma parceria colaborativa entre o SinteemaR e o Sindaen, o "Seminário da Classe Trabalhadora", gerou um grande debate entre trabalhadores de diversas áreas nesta terça-feira (28). O evento foi uma oportunidade de discutir o trabalho nos tempos atuais e o impacto da tecnologia na vida dos trabalhadores. A assessora das Comunidades Eclesiais de Base na Arquidiocese de Maringá, Lucimar Bueno, conduziu uma mística intitulada "O Trabalho Antifascista e a Produção da Riqueza". O momento foi um lembrete do papel fundamental do trabalho na construção de uma sociedade mais justa e inclusiva e um preparo para as palestras que seguiram no restante da noite. Em seguida, as comunicadoras Viviam Baddini e Mariana Tait, representando a Maré Viva Comunicação, levaram ao palco o debate sobre "Os Impactos das Tecnologias Digitais no Mundo do Trabalho", que examinou a ascensão das tecnologias digitais e da inteligência artificial e como têm remodelado radicalmente as dinâmicas laborais e quais são as implicações para os trabalhadores.Finalizando o evento, o seminário teve a palestra da secretária Geral da CUT do Paraná, Vera Nogueira, que abordou o conceito de "Trabalho Decente", ressaltando a importância de condições laborais justas e equitativas para todos os trabalhadores e discutiu questões cruciais relacionadas ao mundo do trabalho contemporâneo.

29/05/2024 12h25

Notícia
Nota de Apoio à Greve dos Educadores do Ensino Básico

Nós, representantes do SinteemaR, expressamos nosso total apoio aos professores e funcionários da educação básica do Paraná em sua legítima greve contra a tentativa de privatização das escolas públicas pelo governador Ratinho Jr. A educação pública é um direito fundamental garantido pela Constituição Federal e deve ser preservada e fortalecida. A privatização das escolas, proposta pelo projeto "Parceiros da Escola", ameaça a qualidade e a equidade do ensino, colocando em risco o futuro de milhares de crianças e adolescentes que dependem da educação pública para sua formação integral. Este projeto representa um sério risco à garantia do direito à educação pública, gratuita e de qualidade para todos.Os educadores são pilares essenciais na construção de uma sociedade justa e desenvolvida. Sua luta por melhores condições de trabalho, por uma educação pública de qualidade e pela valorização profissional é também a luta de toda a sociedade. A tentativa de privatização, além de representar um retrocesso, desconsidera o papel crucial que os educadores desempenham no desenvolvimento social e econômico do estado.Além disso, o projeto "Parceiros da Escola" não ameaça apenas a educação básica, mas também traz um alerta significativo para os trabalhadores das universidades. A privatização pode abrir precedentes perigosos, comprometendo a autonomia e a qualidade do ensino superior. Repudiamos qualquer iniciativa que vise à mercantilização do ensino.

27/05/2024 14h10